publicidade
publicidade
Araguaína-TO, quarta, 19 de fevereiro de 2020
Siga a REDE TO

Estado

Professores da rede estadual cruzam os braços na segunda

Decisão de entrar em greve foi tomada após assembleia geral

18/03/2014 14h09 | Atualizado em: 20/03/2014 10h24

Divulgação Assembleia geral realizada na manhã desta terça-feira, 18, em Palmas, reuniu cerca de 2 mil pessoas, segundo o Sintet

REDAÇÃO


Após assembleia geral realizada na manhã desta terça-feira, 18, em Palmas, profissionais da rede estadual de educação anunciaram que vão paralisar as atividades a partir da próxima segunda-feira, 24, caso não sejam atendidas, no prazo de 48 horas, as reivindicações da categoria.

A assembleia contou com a participação de cerca de 2 mil pessoas, de várias cidades do Tocantins.  "Chega de acordo com GOVERNO porque já vimos que o Estado está nem ai pra essa categoria!!! Agora é lutar e nao ceder... estamos apenas começando!!!!", declarou a pedagoga Márcia Leite. 

De acordo com o presidente do
 Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado do Tocantins (Sintet), José Roque, além das reivindicações que fazem parte da pauta nacional, como a destinação de 10% do PIB para a educação pública, os profissionais da rede estadual pedem também o cumprimento da data-base, o pagamento retroativo das progressões, a revisão do plano de carreira e o fim da interferência política nas escolas.

Desde segunda, 17, os servidores da rede estadual promovem ações em várias cidades do estado para pressionar o governo do estado a atender as demandas da categoria. 

Caso seja de fato deflagrada, a greve pode afetar mais de 300 mil alunos da rede pública do Tocantins. Segundo o Sintet, mais de 1 mil instituições e cerca de 35 mil professores reivindicam melhorias.


"Somos educadores, formadores de opiniões e merecemos o melhor! Estudamos pra isso, não pra ficar em escolas trabalhando feito escravos, cumprindo nossos compromissos enquanto eles, os políticos, estão enchendo o bolso de dinheiro", criticou a professora Zenaide Glória da Silva.

 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.

  • Aguarde novas notícias.