publicidade
publicidade
Araguaína-TO, Thursday, 18 de August de 2022
Siga a REDE TO

Estado

Sebrae premia cinco projetos municipais voltados para o empreendedorismo

28/03/2014 18h49

Aldivan Nogueira Cinco cidades vão representar o Tocantins na etapa nacional que acontece em abril

Categoria Novos Projetos: Gurupi. Categoria Pequenos Negócios no Campo: Couto Magalhães. Categoria Compras Governamentais: Augustinópolis. Categoria Lei Geral Implementada: Novo Acordo. Categorias Desburocratização e Melhor Projeto: Araguaína. Esses foram os vencedores da 8ª edição do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor (PSPE), que reconheceu os projetos de estímulo ao desenvolvimento de pequenos negócios e à modernização da gestão pública, contribuindo de forma efetiva para o desenvolvimento econômico e social do município.

Foram inscritos 42 municípios e 35 projetos foram habilitados. Os troféus foram recebidos pelos prefeitos Laurez Moreira (Gurupi), Ezequiel Guimarães (Couto Magalhães), Deijanira Almeida (Augustinópolis), José Neto (Novo Acordo) e Ronaldo Dimas (Araguaína). Os vencedores de cada categoria receberam troféu e a oportunidade de representar o Estado na disputa nacional, que acontece no mês de abril. Todos os finalistas receberam certificado.

Os projetos inscritos foram analisados por uma banca julgadora formada por representantes do Tribunal de Contas do Estado (TCE), OAB, Conselho Regional de Contabilidade (CRC) e Conselho Regional de Economia (Corecon). Com a premiação, o Sebrae visa estimular a inclusão do empreendedorismo na agenda da gestão municipal, através do reconhecimento da capacidade administrativa dos gestores que elaboraram os melhores projetos e implantaram ações em favor do desenvolvimento das MPE’s em seus municípios.

O presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae, Roberto Pires, agradeceu a participação dos municípios no prêmio e ressaltou a importância das políticas públicas para o desenvolvimento dos pequenos negócios nas cidades. “Se não tivermos políticas públicas que contribuam para o desenvolvimento dos pequenos negócios em cada município de nada adianta para as empresa”, afirmou Pires, acrescentando que é necessário, por exemplo, que as micro e pequenas empresas e os microempreendedores individuais possam vender seus produtos em sua comunidade “fazendo com que o dinheiro circule localmente, gerando riqueza para seu município”.

 Para o presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE-TO), conselheiro José Wagner Praxedes, o Prêmio vai além de um reconhecimento às boas práticas na administração pública, ao fomentar a elaboração e implantação de projetos que estimulam o desenvolvimento local. “É, portanto, um incentivo a uma gestão eficiente, com vistas à promoção de iniciativas inovadoras, que valorizam os negócios no município e geram bem-estar para a população", ressaltou.

Da ASN

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.