Impresso em: 23/09/2021 08:42:43
Fonte: http://www.redeto.com.br/noticia-28056-delegacia-virtual-registra-2-mil-casos-de-estelionato-e-furto-no-to.html

Delegacia Virtual registra 2 mil casos de estelionato e furto no TO

27/05/2021 15:40:53

Divulgação
Em março deste ano, foram 3.200 boletins de ocorrências registrados na Delegacia Virtual. Em abril, 2.952 e maio 2.144 até o momento

A Delegacia Virtual da Polícia Civil do Tocantins (PC-TO), segue com o funcionamento intenso e tem sido uma importante ferramenta na prevenção e combate à criminalidade durante o período da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Com o serviço disponível, o usuário tem a comodidade de registrar o boletim sem ter que comparecer em uma unidade da Polícia Civil além de ter rapidez no encaminhamento de suas queixas.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, os números são significativos e refletem a importância do serviço neste período. Em março deste ano, foram 3.200 boletins de ocorrências registrados. Em abril, 2.952 e maio 2.144 até o momento. Os crimes tipificados no Código Penal com maior incidência registrados foram estelionato (1125), furto (976), acidente de trânsito sem vítima (920) e ameaça (443). Além dos crimes tipificados, outra grande incidência de registros foi a perda ou extravio de documento ou objeto (2.690).

Eficácia

O supervisor das Centrais de Atendimento, delegado Israel Andrade, reforçou que o Boletim de Ocorrência virtual tem a mesma validade, a mesma importância e a mesma atenção que é dada aos BOs registrados nas Centrais de Atendimento ou Delegacias de Polícia de forma presencial. Além disso, todos os Boletins de Ocorrência registrados na Delegacia Virtual são analisados e encaminhados para a Delegacia de Polícia responsável. O usuário recebe um e-mail informativo sobre o status do BO se considerado válido, recebe um e-mail com um número de protocolo para acesso posterior. Caso um Boletim de Ocorrência seja considerado inválido, o usuário também receberá orientações via e-mail.

Demanda aumentada

A procura pelo registro de Boletins de Ocorrência na Delegacia Virtual aumentou e tomou grandes proporções desde que a Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP-TO) editou a Portaria nº 150 do dia 24 de março de 2020. No documento, a pasta estabeleceu a ampliação da Delegacia Virtual para reduzir o contato direto e a aglomeração de pessoas nas delegacias e os riscos de propagação da Covid-19.

Após a edição da Portaria, o sistema informatizado para registro de Boletins de Ocorrência, passou a permitir o registro das mais variadas espécies de ocorrências policiais. Em 2020 a delegacia virtual alcançou a marca de 34.143 Boletins de Ocorrência registrados.

Em fevereiro deste ano, a Delegacia Virtual alterou o endereço virtual, migrando para o endereço https://delegaciavirtual.sinesp.gov.br/portal/ uma vez que, a SSP-TO aderiu à nova plataforma do Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública, da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) do Ministério da Justiça e Segurança Pública. A mesma plataforma é utilizada pelas Delegacias Virtuais do Acre, Alagoas e Rio Grande do Norte.

Delegacia Virtual

Ao acessar a Delegacia Virtual, o próprio usuário pode redigir o seu B.O, escolhendo a natureza da ocorrência que deseja registrar. Para registrar o B.O, é preciso ter a idade mínima de 18 anos e não fornecer informações falsas.

 

Com Secom/Governo do TO