Impresso em: 25/06/2021 01:13:53
Fonte: http://www.redeto.com.br/noticia-27929-restricoes-faz-palmas-reduzir-em-70-n-de-novos-casos-de-covid.html

Restrições faz Palmas reduzir em 70% nº de novos casos de covid

20/04/2021 12:24:32

Divulgação
A última semana epidemiológica (11 a 17 de abril) teve 612 casos registrados, contra 2.107 confirmações na semana de 7 a 13 de março, ou seja, 1.494 casos a menos em cinco semanas

REDAÇÃO
REDE TO


Nesta terça-feira, 20, o Boletim Epidemiológico nº 397 trouxe a confirmação de nove óbitos ocasionados por complicações decorrentes da covid-19. As mortes ocorreram entre os dias 16 e 18 deste mês. As vítimas tinham entre 50 e 84 anos, sendo oito homens e uma mulher. Alguns não possuíam comorbidades, outros tinham enfermidades base como hipertensão, câncer, tabagismo e sequelas pós-Covid. No total, a capital contabiliza 449 óbitos pela doença. A taxa de letalidade é de 1,20%, abaixo da taxa estadual, que é de 1,55%.

O boletim também aponta que 74 pessoas tiveram diagnóstico positivo para o vírus, após a realização de 333 testes pela Rede Municipal, Rede Estadual, rede privada e as farmácias. Do total de novos casos, 73 pacientes estão em isolamento domiciliar e um encontra-se hospitalizado, sendo que 40 são mulheres e 34 são homens.

Número de casos

Palmas totaliza 151.669 notificações para síndrome gripal, número que inclui casos suspeitos para Covid-19, sendo: 64.254 descartados e 37.209 casos confirmados (números acumulados). Desses, 32.316 encontram-se recuperados, após alta de 84 pacientes.

Restrições funcionam

A última semana epidemiológica (11 a 17 de abril) teve 612 casos registrados, contra 2.107 confirmações na semana de 7 a 13 de março, ou seja, 1.494 casos a menos em cinco semanas. Na comparação com a penúltima semana (04 a 10 de abril), a queda foi de 19,3%.

De acordo com a prefeitura, medidas mais restritivas quanto às atividades não essenciais foram fundamentais para desacelerar o avanço da pandemia – desde o início de fevereiro o número de novos casos iniciou uma curva ascendente que culminou com os 2.107 casos na segunda semana de março. O município afirma que draças à desaceleração nas últimas semanas, foi possível ampliar os dias e horários de funcionamento dessas atividades, observados todos os protocolos sanitários. 

Ocupação e internação

Na capital, 214 pessoas estão internadas por causas ligadas à Covid-19, sendo 113 (50,4%) residentes de Palmas e 111 (49,6%) moradores de outras cidades/estados.

A taxa de ocupação geral de leitos é 74,7%. Os leitos clínicos públicos e privados têm percentual de ocupação em 64%. Já os leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) públicos e privados têm taxa de 85,7%.

As Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) registram ocupação de 31,3% na UPA Sul e 25,8% na UPA Norte.

Vacinação

Até o momento, 36.315 doses das vacinas contra a Covid-19 foram aplicadas em Palmas, sendo 24.014 da primeira dose e 12.298 da segunda dose. São vacinados nesta etapa da imunização profissionais da saúde, forças de segurança e salvamento, idosos com mais de 65 anos, idosos institucionalizados e cuidadores desses idosos.