publicidade
publicidade
Araguaína-TO, terça, 07 de dezembro de 2021
Siga a REDE TO

Municípios

Nova barragem do Lago Azul, em Araguaína, tem obras autorizadas

A previsão é que os trabalhos sejam concluídos até o mês de dezembro

17/07/2014 17h47 | Atualizado em: 18/07/2014 13h11

Marcos Filho Prefeito Ronaldo Dimas visita obras de recuperação da PCH Corujão

O prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas, juntamente com o secretário de Infraestrutura, Simão Moura Fé, visitaram no início da tarde desta quinta-feira, dia 17 de julho, as obras de recuperação da PCH Corujão. No local, prefeito e o secretário conversaram com os engenheiros da empresa construtora e também da Alvorada Energia, responsável pela usina, além de entregarem o Alvará de Construção, autorizando o início das obras.

Assim que chegaram ao local, Dimas verificou a planta do projeto da PCH Corujão, vendo como será desenvolvido todo o trabalho e tirando as dúvidas com os engenheiros. Em seguida, foram até a barragem e verificaram a área onde retornará o Lago Azul e também as obras de barramento.

“A Via Lago, juntamente com a nova barragem, será um marco para Araguaína. Estas obras mudarão muito a cidade, dando uma opção extraordinária de lazer ao araguainense”, comentou o prefeito sobre o projeto Via Lago e também sobre a PCH Corujão.

Obras PCH Corujão

De acordo com o engenheiro Antônio Sérgio Portelinha, da Alvorada Energia, ainda na primeira quinzena de junho foi organizado o canteiro de obras na usina. Segundo Portelinha, o trabalho da Toctao Engenheira, empresa contratada para fazer a obra, será a recuperação do barramento. “Em alguns pontos será demolido e depois será refeito; em outro local será feito o reforço; e também será feito obras de drenagem profunda e a instalação de comportas no vertedouro, pois antes não tinha, para controle do nível do reservatório”, explicou.

Portelinha informou que a previsão de finalizar as obras de barramento da usina é até dezembro desse ano. “O enchimento do lago vai depender do período de chuva”, esclareceu o engenheiro.

Via Lago

Os recursos para a construção da Via Lago já estão liberados, em conta, para o início da obra. O contrato de repasse de recursos financeiros entre o Governo Federal, por intermédio do Ministério das Cidades, ao Município de Araguaína para a construção do projeto foi assinado no mês de junho. O valor do repasse é de R$ 11,8 milhões, tendo contrapartida do Município no valor de R$ 2 milhões.

O projeto deverá beneficiar a população araguainense, disponibilizando uma área de lazer, esportes e mobilidade urbana da região sul da cidade. A Via Lago terá 1,56 km de extensão, começando no fim da Marginal Neblina (no cruzamento com a Avenida Filadélfia) seguindo até os setores Lago Azul, Cidade Nova e Nova Morada, com três pistas de ida e de volta, ciclovia e calçamento para pedestres. No final da avenida, será construída uma ponte estaiada, que vai interligar o centro de Araguaína para esses bairros localizados na região sul da cidade.

Dentro do projeto, também está previsto uma ilha próxima à Via Lago, onde será construído um restaurante e o acesso será por meio de barcos, com decks de embarque e desembarque.

Além da valorização do Lago Azul com o fomento ao turismo, haverá o desassoreamento do local, com a permissão dos órgãos de fiscalização ambiental, para o uso da areia acumulada nas margens de córregos que alimentam o lago, bem como o no próprio leito do rio Lontra. 

 

Da Ascom/Prefeitura

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.

  • Aguarde novas notícias.