publicidade
publicidade
Araguaína-TO, quinta, 24 de junho de 2021
Siga a REDE TO

Estado

Pecuária: Campanha de vacinação contra aftosa segue até o fim de maio

Na 1º etapa da campanha, animais de todas as idades devem ser vacinados

02/05/2015 14h28 | Atualizado em: 02/05/2015 14h39

Lenito Abreu/Divulgação O Tocantins tem m rebanho estimado em mais de oito milhões de bovídeos (bovinos e bubalinos)

Com um rebanho estimado em mais de oito milhões de bovídeos (bovinos e bubalinos), o Tocantins ocupa o 11º lugar no ranking nacional quanto ao número de animais, e neste ano está comemorando 18 anos sem febre aftosa. Para permanecer livre da doença, o Governo do Estado, por meio da Agência de Defesa Agropecuária (Adapec), inicou nesta sexta-feira, 1º, a campanha da primeira etapa de vacinação contra a doença, que vai até o dia 31.

De acordo com os dados da última campanha de vacinação realizada em novembro de 2014, o Tocantins conta com 55 mil produtores rurais cadastrados com bovinos e bubalinos.

Comprovação da vacina

Nesta etapa da campanha, devem ser vacinados os animais de todas as idades, desde os recém-nascidos. A comprovação da vacinação deve ser feita até 10 dias após a compra da vacina, conforme a data contida na nota fiscal, no escritório da Adapec, onde a ficha cadastral do produtor é movimentada. É preciso levar a nota fiscal e a carta-aviso preenchida com todos os dados dos rebanhos existentes na propriedade, incluindo outras espécies. A partir desta sexta, a emissão da Guia de Trânsito Animal (GTA) estará condicionada a comprovação da vacinação.

Orientações

A responsável pelo Programa Estadual de Erradicação da Febre Aftosa, Regina Gonçalves Barbosa, destacou os principais cuidados que o produtor precisa ter no momento da realização da vacinação. “Após adquirir a vacina é muito importante que se tenha cuidado na conservação em caixa térmica, manter na temperatura entre 2° e 8° C, além de realizar a vacinação no período mais frio do dia”, ressaltou.

Multas

A não vacinação dos bovinos e bubalinos resulta em multa de R$ 5,32 por animal, e R$ 127,69 por propriedade não declarada, além de ter sua ficha bloqueada até que regularize a situação. Para mais informações, a Agência disponibiliza o Disque Defesa pelo 0800 63 11 22.

Com Secom/Governo do TO

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.