publicidade
publicidade
Araguaína-TO, terça, 18 de maio de 2021
Siga a REDE TO

Estado

Servidor salva homem que teve parada cardíaca durante atendimento da Justiça Eleitoral no Tocantins

18/02/2016 16h39 | Atualizado em: 19/02/2016 14h03

Ilustração Glenio de Souza Sales, da 3ª Zona Eleitoral de Porto Nacional, salvou a vida de um eleitor, de 56 anos, em Monte do Carmo

Em uma demonstração de coragem e equilíbrio durante situação de emergência, o servidor Glenio de Souza Sales, da 3ª Zona Eleitoral de Porto Nacional, salvou a vida de um eleitor, de 56 anos, que teve uma parada cardiorrespiratória durante atendimento no município de Monte do Carmo, nesta terça-feira (16/2).

O ato heroico do servidor que realizou os procedimentos básicos de reanimação do eleitor, fazendo massagem cardíaca e ventilação na vítima, foi fundamental para mantê-lo vivo até que os socorristas chegassem. De acordo com Glenio, o eleitor chegou a desmaiar e não apresentava sinais vitais. “Fui pego de surpresa, mas o treinamento que recebi foi de grande importância para salvá-lo e logo depois ele foi encaminhado para o hospital e já soube que passa bem”, contou. As técnicas aplicadas por Glenio foram aprendidas, segundo ele, em uma capacitação que ele havia participado no Regional do Pará.

A realização de cursos de primeiros socorros também é uma prática desenvolvida pela Justiça Eleitoral do Tocantins para preparar os servidores para atuar em casos de emergência. A última capacitação feita no TRE-TO foi em novembro de 2015.

De acordo com a médica Mary Freire, coordenadora de Assistência Médica e Social do TRE-TO, conhecer os procedimentos e prestar os primeiros socorros até que a equipe médica chegue ao local pode evitar a morte de uma pessoa. “É pela grande importância do procedimento determinante na hora de salvar a vida de alguém que realizamos capacitações neste Tribunal e pretendemos expandir o treinamento também para os servidores das zonas eleitorais”, acrescentou.

Sessão

Durante a Sessão do Pleno desta quarta-feira (17/2) a presidente do TRE-TO, desembargadora Ângela Prudente, parabenizou o servidor pelo feito heroico. “Percebemos o quanto é importante a realização desses cursos de primeiros socorros e parabenizo o servidor Glênio pelo auto controle em conseguir fazer os procedimentos básicos até a chega dos socorristas salvando assim a vida desse eleitor” disse.

Os membros da Corte também manifestaram apoio: “nossos aplausos pelo pronto atendimento e pelo ato de heroísmo” falou o juiz membro, Zacarias Leonardo.

 

Da Ascom/TRE-TO

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.