publicidade
publicidade
Araguaína-TO, domingo, 29 de maio de 2022
Siga a REDE TO

Rede 190

Palmas: Ladrão dorme em banco de paróquia que pretendia assaltar

Homem invadiu igreja pelo telhado, mas acabou dormindo durante furto

23/04/2018 15h10 | Atualizado em: 25/04/2018 12h08

Divulgação/Edionilson Alves Batista Moisés Alves da Silva foi encontrado dormindo em um dos bancos da Paróquia Santo Antônio, no Aureny III, na região sul de Palmas

REDAÇÃO
REDE TO


Um homem foi preso, na manhã desta segunda-feira, 23, por tentativa de furto em uma igreja na região sul de Palmas. De acordo com a Polícia Militar, Moisés Alves da Silva invadiu pelo telhado a paróquia Santo Antônio, localizada no Aureny III, com o objetivo de subtrair objetos de valor e o dízimo deixado pelos fiéis. 

O suspeito, porém, não conseguiu levar adiante o plano. Depois de vasculhar a igreja, ele acabou dormindo em um dos bancos. Na manhã desta segunda, o padre Edionilson Alves Batista, responsável pela paróquia, encontrou o homem deitado em um dos assentos de madeira da congregação. 

O religioso acionou a Guarda Metropolitana de Palmas, que, por sua vez, chamou ao local uma equipe da Polícia Militar. Moisés foi levado para a delegacia e autuado em flagrante por tentativa de furto qualificado. A PM diz que ele tem várias passagens, inclusive por latrocínio, que é o crime de roubo seguido de morte. 

O padre Edionilson afirma que a igreja, que fica na praça do Aureny III, já foi alvo de criminosos outras duas vezes. Em uma delas, os ladrões levaram até alimentos que tinham sido arrecadados em um campanha da igreja. O religioso reclama da falta de segurança e pede mais policiamento na região. 


 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.