publicidade
publicidade
Araguaína-TO, sábado, 24 de julho de 2021
Siga a REDE TO

Estado

Em apenas uma semana, Tocantins confirma 45 mortes por covid-19

29/01/2021 11h23 | Atualizado em: 01/02/2021 11h35

Divulgação Foram 16 óbitos nos dias 13 e 14; 21 nos dias 15, 16 e 19; cinco no dia 17; e três no dia 18
REDAÇÃO
REDE TO


Vivendo uma segunda onda de covid-19, o Tocantins confirmou, nesta terça-feira, 19, mais sete mortes causadas pela doença. Segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES), foram registrados 632 novos casos, sendo 354 das últimas 24h. O restante é de exames coletados em dias anteriores e que tiveram seus resultados liberados na data de ontem.

Dos 632 novos casos, 354 foram detectados por RT-PCR, 64 por sorologia e 214 por teste rápido.

Atualmente, o Tocantins contabiliza 311.800 pessoas notificadas com a Covid-19 e acumula 97.196 casos confirmados. Destes, 85.552 pacientes estão recuperados, 10.321 pacientes seguem em isolamento domiciliar ou hospitalar e 1.323 pacientes foram a óbito.


Mortes

As sete vítimas com óbitos por covid-19 confirmados nesta terça moravam nas cidades de Caseara, Gurupi (duas delas), Filadélfia, São Valério da Natividade, Natividade e Porto Nacional. São três mulheres e quatro homens. Cinco tinham comorbidades. Idades: 45, 66 e 78 anos.

Em menos de uma semana, o Tocantins confirmou em uma semana, 45 mortes por covid-19. Foram 16 óbitos nos dias 13 e 14; 21 nos dias 15, 16 e 19; cinco no dia 17; e três no dia 18. Vale destacar que os óbitos não necessariamente ocorreram no dia da confirmação. 


Do total de 1.323 tocantinenses mortos pela covid-19, 831 são homens e 492 mulheres. A faixa etária mais atingida fatalmente é a de pessoas com mais de 70 anos (718 óbitos). O índice de letalidade no estado é de 1,36%.

Internações

De acordo com o levantamento oficial, há 243 pessoas internadas com a covid-19 no Tocantins. Nas UTIs, são 129 (91 no SUS e 38 na rede privada). Em leitos clínicos, são 114 (75 em hospitais públicos e 39 em privados).

Pelo segundo dia consecutivo, o Tocantins registra um número de internações que só é menor que aquele anotado no dia 23 de setembro de 2020, quando o estado tinha 254 pessoas hospitalizadas.

Vacinação

Aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a vacina Coronavac, produzida pelo Sinovac em parceria com o laboratório Butantan, teve o primeiro lote distribuído, nesta segunda, no Tocantins. Ao todo, foram disponibilizadas para o estado, 44.000 doses da Coronavac, 29.840 para a população em geral e 14.160 para a população indígena. Como são duas doses, 22 mil tocantinenses devem ser imunizados. A vacina começa a ser distribuída para os municípios nesta terça. 

Pertencentes a grupos prioritários, as três primeiras pessoas escolhidas para receber a vacina foram imunizadas durante a solenidade de lançamento da campanha, realizada no Laboratório Central do Estado (Lacen), em Palmas. 

Receberam a primeira dose, a enfermeira Edileuza Ferreira dos Santos, de 52 anos, que atua na linha de frente no Hospital Regional de Gurupi; a técnica em Enfermagem do Hospital Geral de Palmas (HGP) Jocília Tito Barbosa, de 50 anos; e o indígena José Arnaldo, 30 anos, da etnia Xerente, da Aldeia Funil, localizada em Tocantínia.



Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.