publicidade
publicidade
Araguaína-TO, terça, 26 de outubro de 2021
Siga a REDE TO

Municípios

Prefeitura de Cristalândia promete multa a quem infringir decreto

03/03/2021 09h19 | Atualizado em: 09/03/2021 09h19

Divulgação

O Município de Cristalândia, no centro-oeste do Estado, adotou medidas mais restritivas para conter a disseminação do novo coronavírus (Covid-19) na cidade. A Prefeitura publicou nesta terça-feira, 02, o Decreto Nº 049/2021 que determina o fechamento dos bares da cidade pelos próximos 15 dias e a suspensão da venda de bebidas alcoólicas neste período; o fechamento dos demais estabelecimentos comerciais a partir das 19 horas; e, aos domingos, todo o comércio local deverá fechar as portas.

Segundo o Decreto Municipal, a desobediência às medidas por parte do cidadão está passível de multa de R$ 160; já em casos de pessoas jurídicas a multa prevista é de R$ 360 (por pessoa que descumprir o decreto) e até a cassação do alvará.

A série de medidas mais severas se deve ao crescimento dos casos de Covid-19 na cidade que tem mais de 7 mil habitantes e registrou em um único dia (na última quinta-feira, 25 de fevereiro), 9 novos casos da doença, e desde então vem registrando novos casos diariamente. Atualmente, são 13 casos ativos na cidade, segundo o último Boletim.

Apesar deste aumento de doentes, no último domingo, 28, houve várias ocorrências de desobediência das medidas restritivas contidas no Decreto 012/2021 (de 12 de janeiro), em que a Prefeitura determinou o fechamento dos bares às 22 horas e a suspensão de festas e eventos que gerassem aglomeração. Uma grande aglomeração foi feita na Feira Coberta da cidade, inclusive registrada pela Polícia Militar.

Orientação à sociedade

Na segunda-feira, 1º de março, para dar suporte à fiscalização das medidas que seriam implantadas no Município, o prefeito Big Jow esteve no Comando do Policiamento do Interior da Polícia Militar do Tocantins, em Palmas, onde solicitou maior efetivo policial para a cidade que está incorporada na 4ª Companhia Independente de Polícia Militar, que tem como circunscrição as cidades de Lagoa da Confusão, Pium, Nova Rosalândia, Oliveira de Fátima, Fátima e Santa Rita.

Já na terça-feira, 02, o prefeito, secretários, vereadores e os representantes da Polícia Militar do Tocantins se reuniram com membros da sociedade civil, com líderes religiosos, comerciantes do ramo de bares e membros da PM-TO na cidade de Cristalândia. De acordo com o secretário de Saúde da cidade, Wilkey Fernando Lourenço, foi destacado na ocasião o atual cenário de escassez de leitos em todo o Estado e “especialmente a necessidade da cooperação mútua dos cidadãos neste momento para evitar mortes”. Cristalândia já teve 4 vidas perdidas para a Covid-19.

Nesta quarta-feira, 03, a equipe de Fiscalização da Vigilância Sanitária entregará em todos os bares e estabelecimentos comerciais cópia do Decreto 049/2021. A equipe estará acompanhada da Polícia Militar.

A fiscalização da cidade será feita diuturnamente pela equipe de Vigilância Sanitária e de Posturas.

Atendimento da Prefeitura e entidades religiosas

Também foi suspenso o atendimento externo da Prefeitura Municipal e o Município determinou uma série de restrições às atividades religiosas. Tais como presença de 30% da capacidade das igrejas; distanciamento e a devida organização da entrada dos fiéis.

Da Secom/Prefeitura

Leia sobre: Covid-19MultaNovo DecretoTocantins
Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.

  • Aguarde novas notícias.