publicidade
publicidade
Araguaína-TO, sexta, 21 de janeiro de 2022
Siga a REDE TO

Estado

Homem recebe alta de hospital e revê família depois de 12 anos

28/05/2021 17h55 | Atualizado em: 31/05/2021 21h53

Divulgação Manoel Martins da Silva estava internado no Hospital de Doenças Tropicais da UFT; no dia que recebeu alta, ele também reencontrou os familiares
A alta do senhor Manoel Martins da Silva ocorrida no Hospital de Doenças Tropicais da Universidade Federal do Tocantins (HDT-UFT) nesta quinta-feira (27) foi marcada por muita emoção e alegria, pois encerra um ciclo de 12 anos de procura pelo irmão desaparecido há cerca de 12 anos, conforme relatou os familiares que vieram buscá-lo. A Unidade de Saúde fica no município de Araguaína e integra a Rede da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh).

O cunhado do paciente, Edilson Barros conta que a história começou a ter um rumo diferente em janeiro deste ano, quando recebeu uma foto que supostamente seria de Manoel, então veio de Bom Jesus, distrito de Estreito (MA) e ficou uma semana procurando, até que no sétimo dia recebeu a informação em um grupo de que ele estaria no HDT-UFT. “Chegando aqui vi que era ele mesmo, mas estava em uma situação difícil, muito doente, por isso acredito que foi um milagre ver ele assim hoje sadio e sorridente”.

A notícia da alta mobilizou além do cunhado, três irmãos dos 08 para levá-lo de volta para casa, Roselena Martins, Luiz Martins e Rosenir Rodrigues. Eles contam que a vontade era de trazer toda a família, mas como não foi possível, estão ansiosos pelo encontro dele com a mãe que o aguarda em Grajaú (MA). “Nós passamos muito tempo procurando, mas chegou uma hora que desistimos; temos que agradecer a Deus porque nosso irmão ressuscitou, tanto tempo morando na rua e ruim como estava, é muito bom ver como está hoje. Em doze anos a família cresceu, vamos apresentar os sobrinhos”, comentou Rosenir.

A assistente social Izabelle Fernanda Neves Cutrim explica que a admissão de usuários em situação de fragilização ou rompimento de vínculos familiares é situação comum no ambiente hospitalar. “O trabalho do Serviço Social nesta expressão da questão social consiste em investir na busca ativa pela rede de apoio desse usuário e intervir no fortalecimento de vínculos, de modo que a alta seja realizada de forma segura”.

“Profissionalmente, chegar ao objetivo principal de um processo de trabalho longo e que mobilizou toda a equipe multiprofissional do HDT-UFT e rede extra-hospitalar é gratificante e posso seguramente dizer que é um momento de realização profissional. Ver hoje o Sr. Manoel cercado por seus irmãos e perceber nos olhos de cada um deles o desejo de recuperar os vínculos fragilizados é emocionante. Missão cumprida. Quero parabenizar a todos que colaboraram para que este momento acontecesse”, finalizou.

Com Ascom/HDT-UFT

Leia sobre: AraguaínaEstreitoHDTReencontroTocantins
Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.