publicidade
publicidade
Araguaína-TO, sábado, 24 de julho de 2021
Siga a REDE TO

Municípios

Palmas voltar a ampliar a vacinação contra covid-19 por idade

17/06/2021 22h01 | Atualizado em: 22/06/2021 22h03

Prefeitura de Palmas/Raiza Milhomem Para receber a primeira dose da vacina, o usuário deve apresentar o cartão de vacinação, documento de identidade e original e cópia de comprovante de residência em Palmas

A Prefeitura de Palmas abriu agendamento para vacinação contra a Covid-19, para pessoas de 58 anos sem comorbidades, a partir desta sexta, 18. Desde a tarde desta quinta, 17, já é possível fazer o agendamento no sistema eletrônico da Secretaria Municipal da Saúde (Semus). E as pessoas com 59 anos sem comorbidades também começaram a ser imunizadas nesta quinta.

Para receber a primeira dose da vacina, o usuário deve apresentar o cartão de vacinação, documento de identidade e original e cópia de comprovante de residência em Palmas. Caso o cidadão não tenha acesso à internet para fazer o agendamento, pode procurar um ponto de vacinação mais próximo (veja a relação no final do texto) para ser imunizado.

Janssen

A Semus contava com a chegada de cerca de 21 mil doses da vacina Janssen para realizar um mutirão de vacinação do público de 50 a 59 anos sem comorbidades, desta quinta-feira até o fim de semana, visto que a chegada da primeira remessa do imunizante ao Brasil estava prevista para a terça-feira, 15, conforme anunciado pelo Ministério da Saúde. Mas a fabricante suspendeu o envio das doses ao País e não informou nova data para a entrega.

Para não frustrar a expectativa dos palmenses, a Prefeitura de Palmas decidiu manter o início da vacinação desse público, abrindo para 59 anos nesta quinta e para 58, na sexta-feira. Isso só foi possível porque o município recebeu, ontem, nova remessa de vacinas da Astrazeneca destinada à aplicação da primeira dose (D1) para os grupos das forças de segurança, deficientes permanentes e trabalhadores da educação.

Segundo a diretora de Vigilância em Saúde da Semus, Marta Malheiros, o quantitativo destinado às pessoas com deficiência permanente foi superestimado pelo Ministério da Saúde (MS), e Palmas já alcançou a meta de vacinação desse público. “Assim, parte das novas doses destinadas a esse grupo prioritário foi remanejada para dar início à vacinação do público em geral, conforme recomendado pelo MS”, explicou Marta, reforçando que a decisão não acarreta prejuízo aos demais grupos prioritários e nem para aqueles que precisam tomar a segunda dose (D2) da Astrazeneca.

A imunização para o público em geral ocorre por ordem descrescente de idade, a partir de 59 anos, conforme a procura nos postos de vacinação e a chegada de novas remessas de vacinas. A Semus ressalta que segue normalmente a vacinação dos outros grupos prioritários contemplados no (PNI), de acordo com os cronogramas específicos previamente divulgados.

Salas de vacinação para público 58+ sem comorbidade

Das 13 às 17 horas

USF 307 Norte
USF 405 Norte
USF 409 Norte
USF 207 Sul
USF 403 Sul
USF 1103 Sul
USF 1206 Sul
USF Jose Hermes
USF Bela Vista
USF Novo Horizonte
USF Taquari
USF Morada do Sol
USF Taquaruçu (agendamento na própria unidade)
USF Buritirana (agendamento na própria unidade)


Das 16 às 20 horas

USF 1004 Sul

 

Da Secom/Prefeitura

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.