publicidade
publicidade
Araguaína-TO, segunda, 18 de outubro de 2021
Siga a REDE TO

Municípios

Palmas é a 2ª capital que mais gera empregos no país

02/07/2021 21h01

Regiane Rocha/Prefeitura de Palmas Setor da Construção em Palmas registrou o melhor saldo de empregos no mês de maio, 309 novos postos de trabalho

Proporcionalmente, a geração de empregos com carteira assinada em Palmas está melhor que a média nacional e acima da variação da Região Norte. Considerando os dados de janeiro a maio deste ano, Palmas registrou uma variação relativa de 4,41%, enquanto que o índice do Brasil foi de 3,13% e da Região Norte, 2,98%. Observando a variação relativa - comparativo entre o estoque (número de empregos formais) do mês de maio com o mês de dezembro do ano anterior - das capitais, Palmas continua em segundo lugar no ranking nacional, atrás de Cuiabá, que registrou uma variação relativa de 4,98%.

As informações são do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged), da Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia, e foram divulgadas no na quinta, 1º de julho. Em maio, Palmas registrou 2.741 admissões e 1.951 demissões, um saldo de 790 novos empregos, com uma variação relativa de 1,08%. Em comparação ao ano passado, o cenário traz uma perspectiva de melhorias, pois Palmas registrou, em 2020, 1.123 admissões e 2.336 desligamentos, um saldo negativo de 1.213 empregos formais extintos.

“Na prática, os dados de geração de empregos formais (carteiras assinadas) em Palmas demonstram que a nossa capital está com um desempenho melhor que o nacional e o da Região Norte. O fechamento de mais um mês, com número crescente de novos empregos, demonstram o aquecimento da economia e a tendência de criação de novos postos de trabalho. Os resultados são positivos, principalmente, pois ainda estamos na pandemia, mas com a vacinação, o mercado já demonstra melhoria”, frisa o economista da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Emprego, Marlo Galvão.

No acumulado de janeiro a maio de 2021, que registrou números crescentes de empregos formais, Palmas teve 13.057 admissões e 9.917 desligamentos, um saldo positivo de 3.140 novos postos de trabalho. Considerando o estoque de empregos de 2021, que é o número acumulado de carteiras assinadas, notamos o crescimento de 3,54% na capital tocantinense, comparando o estoque de janeiro, 71.732 empregos, com maio, 74.270 postos.

Por área

Em maio deste ano, seguindo a tendência dos meses anteriores, o setor da construção de Palmas apresentou o maior crescimento proporcional de empregos com carteira assinada, foram 576 admissões e 267 desligamentos, e o maior saldo de novos empregos, 309 carteiras assinadas. Em novos empregos, o comércio gerou 230 novos postos de trabalho e o setor de serviços, 188. Em números menores, mas crescentes, tivemos a indústria com 58 novos empregos e a agropecuária com cinco.

 

Da Secom/Prefeitura
 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.