publicidade
publicidade
Araguaína-TO, Thursday, 18 de August de 2022
Siga a REDE TO

Municípios

"Eram bem cuidados", diz moradora sobre gatos envenenados

17/03/2022 13h50

Divulgação
TIAGO SOUZA
REDETO

Os moradores da ARSE 102 (antiga quadra 1006 sul), em Palmas, seguem em busca de quem foi o responsável por envenenar ao menos cinco gatos da região no último domingo (13).

A REDETO conversou, nesta quinta-feira (17), com a esteticista Edjane Silva Oliveira, que cuida de animais em situação de abandono há pelos menos 7 anos. Foram os gatos que estavam sob cuidado dela que morreram venenados.

Edjane afirma que todos os gatos eram bem cuidados e acompanhados.

"Todos os gatos achados mortos estavam sob meu cuidado. Eram gatos castrados, vacinados contra a raiva e vermifugados", disse.

A esteticista disse ainda que a cidade precisa de um melhor controle de apoio aos animais de rua.

"Se me perguntarem quantos animais desses que cuido que foram castrados no CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) não dá 1%. Todos [foram castrados] com recurso próprio, em clínica particular. Se a prefeitura tivesse um controle de castração eficiente, garanto que não tinha um animal na rua , pois só estão na rua por não ter onde colocá-los. Aqui dentro de casa tenho mais 50 animais", frisou.

A Prefeitura de Palmas, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), enviou uma nota afirmando que "oferta mensalmente a castração gratuita de cães e gatos domésticos da população ou que vivam em Organizações Não Governamentais (ONGs) para o controle de natalidade destes animais" e que "a castração pode ser agendada por qualquer usuário através da plataforma Caievs.

O município disse ainda que a Guarda Ambiental de Palmas foi comunicada sobre os casos suspeitos de morte de gatos por envenenamento e, como não faz investigação, orientou a denunciante a registrar a ocorrência na Delegacia de Meio Ambiente da Polícia Civil para que o caso fosse investigado e identificado o autor. Entretanto, a Guarda continua monitorando o caso.

Histórico de casos

Essa não foi a primeira vez que gatos foram encontrados envenenados na capital. Em fevereiro do ano passado, gatos foram encontrados mortos, também com suspeita de envenenamento, na Arse 121 (1.204 sul).

Três meses depois, a mesma situação aconteceu, dessa vez na região norte de Palmas, na quadra 106 norte. Na ocasião os protetores de animais encontraram um pedaço de carne na rua, que estava coberto por uma sunstância possivelmente venenosa.


                                           


Gatos são alvos fáceis

Os felinos são animais que prezam pela independência e gostam de vagar livremente. Na maioria das vezes o envenenamento é provocado através de alimentos consumidos na rua.

Segundo o portal Perito Animal
, alguns dos venenos e toxinas mais comuns com os quais os gatos se deparam frequentemente são:
  • Medicamentos para humanos (ácido acetil salicílico e paracetamol)
  • Alimentos para humanos (chocolate)
  • Inseticidas (arsênio)
  • Produtos de limpeza (água sanitária e sabão)
  • Inseticidas (alguns produtos antiparasitários externos que pulverizamos em nossos animais de estimação e em seu ambiente)
  • Insetos venenosos
  • Plantas tóxicas
  • Estes produtos, animais e plantas contêm produtos químicos e enzimas que são tóxicos para os gatos e que o corpo deles não consegue metabolizar.

Sintomas de envenenamento em gatos

Os sintomas de envenenamento em gatos são muito variados, uma vez que dependem da origem do envenenamento e do grau de intoxicação. Os sinais mais comuns são:

  • Vômitos e diarreias, muitas vezes com sangue
  • Salivação excessiva
  • Tosse e espirros
  • Irritação gástrica
  • Irritação da zona da pele que entrou em contato com o tóxico
  • Dificuldade respiratória
  • Convulsões, tremores e espasmos musculares involuntários
  • Depressão
  • Pupilas dilatadas
  • Debilidade
  • Dificuldade de coordenação nas extremidades por problemas neurológicos (ataxia)
  • Perda de consciência
  • Micção frequente (urinar muitas vezes)

Em caso de envenenamento o certo é buscar ajuda de um médico veterinário o mais rápido possível.

Vale lembrar que, se for identificado, o autor de envenenamento pode responder pelo crime de maus tratos contra cães e gatos e, caso seja condenado, a pena pode ser de 2 a 5 anos de prisão.

 
Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.