publicidade
publicidade
Araguaína-TO, Thursday, 18 de August de 2022
Siga a REDE TO

Rede 190

PF desarticula esquema de fraude em financiamentos bancários

13/04/2022 10h05

Divulgação/Polícia Federal
REDAÇÃO
REDETO, com informações da PF

Uma operação foi deflagrada pela Polícia Federal (PF) na manhã desta quarta-feira (13) e apura fraude em financiamentos bancários, corrupção e lavagem de dinheiro no Tocantins.

Estão sendo cumpridos quatro mandados de busca e apreensão contra produtores rurais e gerentes de banco em Palmas, Colméia, Colinas do Tocantins e Palmeirante, todos expedidos pela 4ª Vara Federal de Palmas.

Durante as investigações a PF apurou que um grupo familiar se utilizava de empregados para requerer financiamentos rurais. Após a concessão dos empréstimos, os valores eram repassados para este grupo que quitava financiamentos anteriores. A liberação do crédito contaria com a participação de funcionários da instituição financeira concedente, que receberam benefícios para aprovação dos financiamentos. O montante das operações de crédito é de pelo menos R$ 1,2 milhão.

Os investigados na 'Operação Planta de Crédito' poderão responder, na medida de suas responsabilidades, pelos crimes de fraude em financiamento bancário, lavagem de dinheiro, corrupção passiva e corrupção ativa, cujas penas somadas podem ultrapassar 28 anos de reclusão, bem como podem ter bens penhorados para ressarcir a instituição financeira vítima.

O objetivo da operação é colher outros elementos probatórios em desfavor dos investigados e de eventuais envolvidos que tenham participado e/ou se utilizado da fraude e de seus recursos.

O nome 'Planta de Crédito' refere-se à prática de sucessivos financiamentos de lavoura sem a efetiva produção rural, denotando que a única semente efetivamente plantada eram contratos bancários.

 
Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.