publicidade
publicidade
Araguaína-TO, Friday, 01 de July de 2022
Siga a REDE TO

Rede 190

Homem suspeito de homicídio no Tocantins é preso no Pará

18/04/2022 17h42 | Atualizado em: 18/04/2022 17h58

Divulgação
Na última sexta-feira, 14, uma ação conjunta realizada pelas Polícia Civil do Tocantins (PC-TO) e Polícia Civil do Pará, resultou na prisão de um indivíduo de 45 anos. Suspeito de assassinar um homem de 58 anos, em Lagoa do Tocantins no dia 26 de agosto de 2021, o suspeito foi capturado no município de Santa Maria das Barreiras.
 
De acordo com o delegado Fabrício Piassi, responsável pelo caso, a prisão ocorreu por meio de compartilhamento de informações, as quais resultaram na localização e cumprimento de um mandado de prisão preventiva, em desfavor do homem que é o principal suspeito pelo crime.
 
“A motivação para o cometimento do crime ainda é investigada, as investigações apontaram que a vítima, eventualmente, alojava visitantes e trabalhadores em sua residência e foi encontrada morta com golpes de foice”, disse a autoridade policial.
 
 Ao tomar ciência dos fatos, a unidade policial de Lagoa do Tocantins imediatamente adotou as diligências investigativas para apurar a autoria do crime, tendo colhido elementos que indicaram que o autor seria um indivíduo de 45 anos e que o mesmo fugiu da cidade após a prática do crime.
 
Com a identificação do suspeito, o delegado Fabrício representou judicialmente pela decretação da prisão preventiva do mesmo, em razão da necessidade de se assegurar a aplicação da lei penal. “Uma vez que fugiu do município onde ocorreram os fatos, o indivíduo deu indicativos claros de que pretendia se furtar da ação dos meios formais de controle e de sua responsabilização criminal”, destacou a autoridade policial.
 
Após a decretação da prisão preventiva, o indivíduo era considerado foragido da Justiça, porém graças ao esforço conjunto e o compartilhamento de informações entre as Secretarias de Segurança dos Estados do Tocantins e do Pará, ele foi localizado e preso.
 
Oportunamente, o investigado será recambiado para o Estado do Tocantins, onde deverá responder por crime que é suspeito, perante a Justiça.
 
 
Da Dicom/SSP-TO

 
Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.